Lições

13/01/2010 at 9:54 pm (confesso, Fato)

“Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?”

Eduardo e Monica – Legião Urbana

Alguém me conta onde fica a escola que ensina as pessoas a não ficarem pensando “Não é, não é ,não é” enquanto pegam o celular que acabou de tocar com uma mensagem esperando que seja sim a pessoa que eles ‘torcem’ para que não seja, só pra fingirem não se sentirem desapontadas quando não é mesmo?

Como funciona essa alegria besta de sorrir de coisas que já passaram e ainda assim são tão presentes? Como se controla esse sorriso que vem sem ser chamado e vai embora com a lembrança de que aquilo ja se foi? Já não é mais? Já está distante? Que é distante?

Onde aprendemos a lidar com a distância e a saudade? Como ter alguém que tem um valor emocional para nós longe, seja por algumas horas, um dia, meses ou o tempo que cada um precisa longe para sentir saudades? Ou pior, ter alguém longe praticamente sempre. Ou sempre. Como funciona?

Saudades dói. Distância machuca. Quando somos pequenos aprendemos a andar, a correr, sem cair, depois de um tempo, mas quem vai estender a mão enquanto estamos caídos e nos ensinar a não cair de saudade?

Quem, um dia, vai nos explicar como funciona ter as pessoas por perto e depois não ter mais, não ter certas pessoas por perto nunca e ainda assim desenvolver algo sincero por elas e lidar com isso como se não mudasse nada? Quem?

Eu queria aprender. Aprender tudo isso. Alguém disposto a me ensinar?

Anúncios

9 Comentários

  1. Maria Rita said,

    Lembrei de tuuudo o que passei em 2009 agora :T
    e, sinceramente, se você achar alguém que sabe te ensinar, fala pra essa pessoa me ensinar tb?

    Te adoro.

  2. Lola said,

    No dia que eu descobrir tudo isso, eu te ensino. Com certeeeeeeza!

  3. said,

    Bom, quando você arranjar alguém que te ensine, e conseguir aprender, me ensine depois tá?

  4. bru lunardi said,

    A gente aprende a lidar com essas situações, mas nunca a superá-las e, infelizmente, cada pessoa nos faz desenvolver um sentimento novo e com uma nova intensidade, tornando tudo mais difícil.
    Mas pode deixar, se um dia eu achar uma “fórmula geral” eu te passo, pode ter certeza!

  5. Lauren said,

    Isso acaba sendo… meio insano né?
    Amo pessoas que moram longe e que nunca vi. E às vezes parecesse que as amo mais do que amo muita gente que pode estar do meu lado todos os dias. É como se tivessimos sidos separados pelas cegonhas propositalmente.

  6. Bárbara Fróis said,

    Seria bem mais fácil se aprendessemos isso tudo em uma escola ‘ normal ‘. Mas (in)felizmente, a escola que nos ensina é a escola chamada VIDA! E nós só aprendemos com o tempo, eu também passei por isso durante anos, agora eu sei que cada relacionamento nos traz um aprendizado e que quando você resolve juntar tudo o que você aprendeu e coloca em prática tudo fica mais fácil. ;D

    Adorei seu texto e o seu blog, muiito bom por aqui voltarei mais vezes. Bejos

  7. Joyci Dias said,

    Talvez se você tirar o coração fora você não sinta mais nada disso. Mas, aí lhe pergunto: Valerá a pena?
    Prefiro mil vezes suportar todas as dores, estas que contribuem para o meu crescimento a me livrar delas e passar a ser alguém que não terá histórias pra contar, nem experiência de vida, tão pouco uma saudade. Saudade dói sim, mas a saudade não é nada além do seu coração gritando pra você: Foi bom!
    Você não sente saudade do que era ruim.
    Machuca, mas são essas as cicatrizes na alma que você vai se orgulhar no futuro.

  8. Paty said,

    puxa, o dia que vc aprender, me ensine tbm?? por favor!!! Acho que esse é o dilema da minha vida.. é isso tudo o que venho passado ultimamente…
    =/

    **
    SAudade.. essa palavra ja faz parte da minha vida ha mtos e mtos anos… vamos e deixamos pessoas que amamos.. voltamos e novamente deixamos pessoas que amamos ao encontrar com as outras que sempre amavámos……

    **
    como lidar com um sentimento que nasce por alguém, que as vezes nem sabe da sua existencia…..???? existe amor platonico, assim tbm como existem amizades platonicas…. pois é. estranho, mas qntas vezes ja passou isso comigo…
    por isso aprendi uma frase que as vezes funciona, comigo tem funcionado nos ultimos meses: “endureça o coração”.. feio.. mas mtas vezes necessario…

    **

    qndo aprender tudo isso que escreveu.. ME ENSINE…

    beijos

  9. Natália said,

    tbm queria aprender 😦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: